ENTENDA O CONTEXTO

Muitas empresas brasileiras preferiam utilizar provedores de Data
Center e Cloud no exterior, pois ofereciam preços mais acessíveis em relação ao mercado nacional. Muitos deles, inclusive, hospedados em países com baixíssima tributação, tornando-os bastante competitivos.

 

Para os provedores nacionais parecia uma competição injusta: apesar de oferecerem serviços com alta qualidade, as empresas sofriam com uma concorrência desleal daquelas sediadas em países com impostos abaixo de 7%.

 

Porém com os impostos para essa contratação, já confirmados e publicados pela Receita Federal, esse cenário mudou completamente. Nesse e-book vamos falar sobre a discussão que envolve o regime tributário para importação dos serviços de Data Center e Cloud no exterior

 

Siga conosco que ele está bastante completo para orientar você na melhor decisão.

  • Eveo

    PRESTAÇÃO DE SERVIÇO OU LOCAÇÃO?


    O uso de Data Center e Cloud contratados no exterior deveria ser considerado uma prestação de serviço ou locação de equipamentos? As diferentes interpretações de agentes da Receita Federal criaram uma situação complicada, pois algumas empresas eram taxadas, enquanto outras não.

  • TRIBUTOS A SEREM PAGOS


    Que o sistema tributário brasileiro é extremamente complexo e caro todos nós já sabemos, mas para lhe ajudar, nesse e-book iremos listar todos os tributos a serem pagos individualmente, com suas respectivas alíquotas, destaques e destinação.

  • COMPARATIVO ENTRE DATA CENTERS


    Ao final do e-book iremos lhe mostrar um comparativo entre provedores de data center e cloud no Brasil e no exterior, destacando os principais benefícios que você tem ao optar por um provedor com infraestrutura e cobrança dentro do Brasil.